top of page

Afinal o que é rebranding?



O Rebranding é uma estratégia de marketing que consiste em mudar a identidade visual de uma empresa, com o objetivo de melhorar sua percepção pelo público e aumentar sua relevância no mercado. Essa mudança pode envolver desde a reformulação da logomarca até a alteração da linguagem visual, passando pela criação de um novo nome e slogan.


O processo de rebranding pode ser motivado por diversas razões, como a necessidade de atualização da imagem da empresa, a busca por um reposicionamento de mercado, a fusão de empresas ou a mudança de público-alvo. Independentemente do motivo, o rebranding é uma estratégia que requer planejamento cuidadoso e a participação de profissionais experientes.


Um dos principais desafios do rebranding é garantir que a nova identidade visual esteja alinhada com os valores e objetivos da empresa, ao mesmo tempo em que seja atraente para o público. Por isso, é importante que o processo de rebranding seja conduzido com cautela e que a nova identidade visual seja testada antes de ser lançada ao público.


Além disso, é essencial que a empresa comunique claramente as mudanças realizadas por meio de diferentes canais, como site, redes sociais e materiais impressos. É importante que essa comunicação seja feita de forma transparente e honesta, para evitar confusões e enganos por parte do público.


O rebranding também pode ter um impacto significativo nos resultados da empresa, tanto positiva quanto negativamente. Uma mudança bem-sucedida pode melhorar a imagem da empresa, aumentar sua visibilidade e atrair novos clientes. Por outro lado, uma mudança mal planejada pode causar confusão entre os clientes e prejudicar a reputação da empresa.


Por isso, é importante que a empresa avalie cuidadosamente os riscos e benefícios do rebranding antes de iniciar o processo. É recomendável que a empresa faça uma análise de mercado e avalie a percepção do público em relação à marca antes de tomar uma decisão.


Em resumo, o rebranding é uma estratégia de marketing que pode trazer muitos benefícios para a empresa, mas que também pode apresentar riscos. Por isso, é importante que a empresa avalie cuidadosamente as razões para realizar uma mudança de identidade visual, planeje o processo com cuidado e comunique de forma transparente as mudanças realizadas. Quando feito de forma adequada, o rebranding pode ajudar a empresa a se destacar no mercado e conquistar novos clientes.


Além disso, o rebranding pode ser um processo bastante complexo, que envolve diversas etapas e profissionais de diferentes áreas, como design gráfico, marketing e comunicação. Por isso, é recomendável que a empresa conte com a ajuda de profissionais especializados para conduzir o processo de rebranding de forma eficiente.

Entre as etapas do processo de rebranding, destacam-se a análise da marca atual, a definição dos objetivos da mudança, a criação de um novo conceito visual, a implementação da nova identidade e a comunicação da mudança para o público.


Durante a análise da marca atual, a empresa deve avaliar a percepção do público em relação à marca, identificar os pontos fortes e fracos da identidade visual atual e avaliar a concorrência. Essa análise é fundamental para definir os objetivos da mudança e criar uma nova identidade visual que seja coerente com a personalidade da marca e atraente para o público.


A definição dos objetivos da mudança deve levar em consideração as razões que motivaram o rebranding e os resultados que a empresa espera alcançar com a mudança. Esses objetivos devem ser claros e mensuráveis, para que a empresa possa avaliar o sucesso do processo de rebranding.


A criação de um novo conceito visual é uma das etapas mais importantes do processo de rebranding. Nessa etapa, os profissionais de design gráfico e branding criam uma nova identidade visual para a empresa, que pode envolver a criação de uma nova logomarca, um novo conjunto de cores, uma nova tipografia e outros elementos visuais. É importante que essa nova identidade visual seja coerente com os valores e objetivos da empresa, e que seja atraente e memorável para o público.


A implementação da nova identidade visual deve ser cuidadosa e planejada. A empresa deve garantir que todos os seus materiais de comunicação, como site, redes sociais, embalagens e materiais impressos, sejam atualizados com a nova identidade visual. É importante que essa implementação seja feita de forma gradual, para evitar confusões por parte do público.


Por fim, a comunicação da mudança para o público é fundamental para garantir o sucesso do processo de rebranding. A empresa deve comunicar de forma clara e transparente as mudanças realizadas, explicando os motivos da mudança e como ela irá afetar a experiência do cliente. É importante que essa comunicação seja feita de forma consistente em todos os canais de comunicação da empresa.


Em resumo, o processo de rebranding é uma estratégia importante para melhorar a percepção da empresa pelo público e aumentar sua relevância no mercado. Porém, é um processo complexo que requer planejamento cuidadoso e a participação de profissionais experientes. Quando feito de forma adequada, o rebranding pode ajudar a empresa a se destacar no mercado e conquistar novos clientes.


Existem diversos cases de sucesso de rebranding que demonstram como essa estratégia pode ser eficaz para melhorar a imagem da empresa e aumentar sua relevância no mercado. A seguir, descrevemos alguns desses cases:


Apple


A Apple é um dos exemplos mais conhecidos de rebranding bem-sucedido. Em 1997, quando Steve Jobs retornou à empresa, a Apple estava enfrentando sérios problemas financeiros e sua imagem estava desgastada. Jobs contratou a agência de publicidade TBWA/Chiat/Day para ajudar a empresa a se reinventar. A agência criou uma nova campanha publicitária, com o slogan "Think Different", que destacava a inovação e a criatividade da empresa. Além disso, a agência redesenhou o logotipo da Apple, tornando-o mais moderno e estilizado. Essa estratégia de rebranding ajudou a empresa a se reposicionar no mercado e a se tornar uma das marcas mais valiosas do mundo.


McDonald's


Em 2003, a McDonald's estava enfrentando uma série de problemas, incluindo a queda nas vendas e a perda de sua identidade como uma empresa de fast-food de qualidade. A empresa contratou a agência de design Heye & Partner para ajudá-la a revitalizar sua imagem. A agência redesenhou o logotipo da empresa, tornando-o mais moderno e estilizado, e criou uma nova campanha publicitária, com o slogan "I'm Lovin' It". Essa estratégia de rebranding ajudou a empresa a se reconectar com seu público e a recuperar sua posição no mercado de fast-food.


Burberry


Em meados dos anos 2000, a Burberry estava enfrentando uma crise de identidade, com sua marca sendo associada a gangs e a uma imagem negativa. A empresa contratou o designer Christopher Bailey para ajudá-la a se reinventar. Bailey redesenhou o logotipo da Burberry, tornando-o mais moderno e estilizado, e criou novos produtos e campanhas publicitárias, que enfatizavam a tradição e a qualidade da marca. Essa estratégia de rebranding ajudou a empresa a se reposicionar no mercado de luxo e a se tornar uma das marcas mais valiosas do mundo.

Esses são apenas alguns exemplos de como o rebranding pode ser eficaz para revitalizar a imagem de uma empresa e melhorar sua posição no mercado. É importante destacar que o sucesso do rebranding depende de diversos fatores, como a qualidade da estratégia de branding, a consistência da comunicação e a capacidade da empresa de se adaptar às mudanças do mercado. Por isso, é recomendável que a empresa conte com a ajuda de profissionais especializados para conduzir o processo de rebranding de forma eficiente.


Coca-Cola


Em 1985, a Coca-Cola lançou uma nova fórmula para seu refrigerante, que foi mal recebida pelos consumidores. A empresa enfrentou uma forte reação negativa do público, que queria que a Coca-Cola mantivesse a fórmula antiga. Em resposta, a empresa lançou uma campanha publicitária que enfatizava a importância da tradição e da qualidade da marca, e reintroduziu a fórmula antiga como Coca-Cola Classic. Esse processo de rebranding ajudou a empresa a recuperar a confiança dos consumidores e a aumentar suas vendas.


Old Spice


Em 2010, a Old Spice lançou uma nova campanha publicitária, que contava com um personagem chamado "The Man Your Man Could Smell Like". A campanha foi um sucesso e ajudou a empresa a se reposicionar no mercado de produtos masculinos de higiene pessoal. A empresa também redesenhou a embalagem de seus produtos, tornando-a mais moderna e estilizada. Essa estratégia de rebranding ajudou a Old Spice a aumentar suas vendas e a se tornar uma das marcas mais populares entre os homens.


Esses cases de sucesso de rebranding mostram como essa estratégia pode ser eficaz para melhorar a imagem de uma empresa e aumentar sua relevância no mercado. No entanto, é importante destacar que o rebranding deve ser uma estratégia cuidadosamente planejada e executada, levando em consideração as necessidades e expectativas dos consumidores. Além disso, é fundamental que a empresa mantenha uma comunicação clara e consistente em todos os pontos de contato com o público, para garantir a eficácia da estratégia de rebranding.


Se a sua marca necessita de um reposicionamento do mercado, entre em contato conosco, temos mais de 20 anos de experiência, onde já atendemos a marcas de todos os portes e ramos de atuação.


Luciano Franco Piccinini

Diretor de novos negócios





bottom of page