Marketing de influência: utilizar ou não?

15/03/2019

 

Com o aumento exponencial do número de influenciadores digitais, os mais diversos segmentos e portes de marcas passaram a se voltar a esta estratégia. Estudos mostram que atualmente, 75% das marcas utilizam influenciadores digitais em suas estratégias de marketing. Porém, para alguns perfis de negócios ou para empresas de pequeno porte, pode parecer algo ainda distante. 


Para entender se este tipo de estratégia é adequada ao seu negócio, algumas variáveis devem ser levadas em consideração. Se a sua marca tem as redes sociais como uma ponte importante com o consumidor, certamente terá algum influenciador que poderá contribuir. Porém, se o seu negócio não utiliza redes sociais para comunicar-se, talvez, uma estratégia interessante seja a utilização de um Youtuber, por exemplo, que faça link dos vídeos à sua campanha, e-commerce ou site institucional. 


O que irá definir se é algo adequado ou não, é um olhar mais amplo para a estratégia e uma análise aprofundada do influenciador escolhido. Mas existem hoje, muitas opções. Desde grandes influenciadores, que podem ter um custo mais elevado, até os micro-influenciadores, que cobram menos de 250 dólares por um post no Instagram e podem contribuir com um aumento de 60% na taxa de engajamento da sua estratégia.


Para a escolha do influenciador, não é só o custo que deve ser levado em consideração. É imprescindível analisar o público que ele atinge, seu nível de engajamento e especialmente se o conteúdo dele tem sinergia com o posicionamento da sua marca


Fonte estudos: Portal Mundo do Marketing

Please reload