87% dos brasileiros prefere comprar produtos de empresas sustentáveis. Isso gera valor de marca?

Dados de pesquisa realizada pela Union + Webster, divulgada pela FIEP


O termo sustentabilidade ganhou destaque nos últimos anos e vem sendo cada vez mais utilizado. Empresas buscam adequar-se a práticas que causem menor impacto ao meio ambiente e à sociedade ou que de alguma forma possam compensar os impactos causados.


No entanto, alguns fatores nos dão indícios de que o mercado está buscando um compromissos reais quanto às causas socioambientais:


- O surgimento de consultorias que auxiliam corporações a fazerem mudanças substanciais no seu modelo de negócio para se adequar a uma cadeia produtiva mais sustentável por completo.

- A difusão da sigla ESG (Environmental, Social and Governance) que auxilia o mercado financeiro a classificar empresas com boas práticas nos campos social, de governança e responsabilidade ambiental.

- Marcas como a Natura, que têm compromissos reais a serem cumpridos no curto, médio e longo prazo.


Tanto o mercado financeiro, como o próprio consumidor dão demonstrações claras do valor de marca atribuído a corporações que têm uma responsabilidade socioambiental.


Porém, o que de FATO significa sustentabilidade? Será que o consumidor sabe? Ao mesmo tempo que muitas vezes esse não é um conceito claro, o consumidor também já não tolera mais discursos rasos e ações superficiais.


Então, como comunicar sua responsabilidade socioambiental ao consumidor?


As marcas precisam conseguir ser CLARAS sobre suas ações efetivas, comunicar de forma específica, ir além da bandeira da “sustentabilidade”.

Se seu produto é feito a partir de matéria-prima reciclada, informe isso ao consumidor, mostre o processo de reciclagem, qual é o percentual reciclado, qual o motivo dessa escolha; se o seu mercado tem por histórico a desvalorização do produtor ou maus tratos aos animais e você optou em seguir por outro caminho, comunique sua solução, utilize certificações que endossem sua estratégia de negócio.


É possível vender mais a partir de uma bandeira sustentável? Talvez. Porém, para gerar valor de marca, é preciso sair da superfície, posicionar-se da maneira correta e concreta e ter um alinhamento estratégico entre todas as frentes de comunicação da marca, para que em nenhum momento isso se perca.


Conheça esse Relatórios de Sustentabilidade criado pela Yup para a RENAULT DO BRASIL:

https://www.yup.com.br/yup-design-campanha-instituto-renault


Conheça o Relatórios Anual criado pela Yup para a ARAUCO:

https://www.yup.com.br/relatorio-anual-arauco